Psico-Oncologia. Cuidados Psicoterapêuticos nas Doenças Incuráveis e nos Cuidados Paliativos. Terapia da Dignidade.

A dor é um fenómeno subjectivo que alivia ou agrava de acordo com o estado emocional de cada pessoa. É possível paliar psicologicamente em situações de situação patológica prolongada - crónica,  progressiva ou terminal - e esse alívio conduz a um estado de pacificação.



Objetivos específicos da Psico-Oncologia:

Problemáticas intrapsíquicas - ansiedade, depressão, medo, raiva, revolta, insegurança, perdas, desespero, mudanças de humor e esperança.

Problemáticas sociais - isolamento, estigma, mudança de papéis, perda de controle, perda de autonomia.

Problemáticas relacionadas com a patologia - mutilações, tratamentos, dor, efeitos colaterais, relações com os médicos.

Pode ainda obter o seguinte apoio:

Assistência psicoterapêutica à pessoa com patologia oncológica nos âmbitos abaixo discriminados: 
  • prevenção, assistência e reabilitação ao paciente com patologia em fase de remissão e 
  • assistência psicológica na fase terminal da doença. 

Os Cuidados Psicoterapêuticos em situação Cuidados Paliativos  são fundamentais como suporte do Cliente e seus familiares.

Perder de vista a autonomia, capacidade de decisão, funcionalidade e, muitas vezes, a autoestima, conduz a um estado desânimo do doente que é difícil recuperar.

É possível ajudar a pessoa a resgatar os seus recursos internos e a resiliência para enfrentar o dia-a-dia dia. 

De modo geral, o atendimento acontece em domicilio mas pode ser realizado na instituição de internamento do Cliente, sob consentimento de todas as partes envolvidas. 

Todos os familiares do Cliente podem ser envolvidos no processo de apoio, desde que isso seja útil para o progresso do seu estado emocional.  

Humana Mente Suave

Tudo pela tranquilidade