Crianças prematuras?... Intervenção precoce!

25-02-2020


Por nasceram antes do tempo normal de gestação, estes bebés estão sujeitos a um conjunto de complicações de ordem neurológica, entre outros (problemas cardíacos, renais e respiratórios).

Os bebés nascidos prematuramente (antes das 37 semanas de gravidez) podem apresentar vulnerabilidades neurológicas que devem ser avaliadas desde o nascimento. Neste artigo tratarei, das questões relacionadas com os desafios motores e cognitivos (ou seja, capacidades motoras relacionadas com as habilidades do corpo físico e, ainda, habilidades de atenção, memória e funcionamento executivo). 

Essas dificuldades neuro-cognitivas podem tornar-se aparentes à medida que a criança cresce, e os problemas podem persistir na idade adulta. Quanto mais precoce for a intervenção neuropsicológica, menos défices se evidenciarão na idade adulta.

À medida que as crianças crescem podem mostrar um abismo crescente entre o nível de funcionamento cognitivo em comparação com o desempenho de outras crianças da mesma idade. Isso não significa necessariamente que as suas habilidades cognitivas estejam a diminuir. Pode significar que estas crianças não estão a manifestar um ajustamento e integração adequado às suas circunstâncias ou que elas não se estão a desenvolver tão rapidamente como as outras crianças.

De uma maneira geral, as crianças manifestam dificuldades a partir da idade escolar pois é quando se começam a anotar as dificuldades que antes eram subtis e que, então, se revelam como dificuldades reais. 

A intervenção neuropsicológica precoce é, por isso, muito útil no caso de bebés e crianças que nasceram prematuramente pois quanto mais cedo se inicia o trabalho neuro-motor e neuro-cognitivo, mais profundamente chegaremos ao maior grau possivel desenvolvimento junto da criança intervencionada. 

O meu trabalho inclui a participação em programas para ajudar o desenvolvimento infantil, a psico-educação dos pais, a psicoterapia e o aconselhamento parental e familiar, em consultório ou em domicílio. 

Embora as intervenções possam não impedir totalmente as dificuldades cognitivas e motoras em alguns casos mais complexos, podem ajudar a melhorar o resultado geral. Em casos desta natureza, o objectivo é transformar estas 'crianças especiais´ em adultos autónomos e independentes. 

Se precisa de apoio para lidar com os desafios da adolescência, contacte. Use o formulário abaixo. 

Pode fazer aqui a sua marcação para qualquer uma das especialidades terapêuticas. Basta preencher o formulário.

Confirmarei via email.